Ao usar o nosso website, concorda com o uso de cookies. Saiba mais.

30º Aniversário do CEPAC

No próximo dia 26 de março, pelas 16h00, será celebrada uma Eucaristia de Ação de Graças, na Basílica da Estrela, por ocasião do 30º aniversário do Centro Padre Alves Correia (CEPAC).

A Eucaristia será presidida pelo Senhor Cardeal Patriarca de Lisboa, D. Manuel Clemente e acompanhada pelo Coro Regina Coeli de Lisboa, com um repertório de músicas clássicas e africanas, seguindo-se uma breve atuação da Capelania dos Africanos, à saída da Basílica.

Contamos com a presença de todas as pessoas junto de quem, e com quem, construímos projetos de vida e de integração, ao longo destes 30 anos enquanto IPSS ao serviço da pessoa migrante. Utentes, equipa, voluntários(as), benfeitores, parceiros, representantes diplomáticos das nacionalidades de maior expressão na população que acompanhamos, representantes de organismos, entidades e associações que atuem junto de pessoas migrantes, profissionais das mais diversas áreas de intervenção e de todas as outras pessoas, crentes ou não crentes, sintam-se convidados(as) para participar.

Neste momento especial, de partilha e de agradecimento, no qual reafirmamos o nosso lema e missão, queremos, também, juntar um apelo conjunto à Paz e à Amizade Social.

«Batizou-se este Centro com o nome do Padre Joaquim Alves Correia, missionário da Congregação do Espírito Santo, falecido no exílio em 1 de junho de 1951, pelo seu trabalho em favor da justiça e paz e por ter sido um defensor ardente da verdade e dos direitos humanos, nomeadamente das classes mais desfavorecidas», lê-se na primeira ata do Livro de Atas do Centro Padre Alves Correia, de 28 de março de 1992, que assinala o início das atividades da Instituição.

A nossa missão é apoiar a pessoa imigrante em situação de vulnerabilidade na construção de um projeto de vida digna e feliz. Uma missão orientada pela visão de uma Casa Comum, onde todas as pessoas se sintam acolhidas, protegidas, promovidas e integradas, colocando em prática o apelo que nos é feito pelo Santo Padre, Papa Francisco.

Celebrar os 30 Anos é evocar e homenagear o Padre Alves Correia, cuja espiritualidade, pensamento e vida inspiram este Centro. É prosseguir a missão, na fidelidade aos valores da dignidade, do compromisso, da solidariedade e da proximidade, honrando o legado de tantas pessoas que colocaram e colocam os seus dons ao serviço desta obra. É continuar a dar voz aos que a não têm e a contribuir para uma sociedade aberta e solidária. É unirmo-nos em comunidade, promovendo a diversidade e a cultura do encontro, «Rumo a um nós cada vez maior».

O dia 26 de março marcará o início de um ano com diversas iniciativas previstas, que visam promover um maior conhecimento sobre esta obra, mas sobretudo chamar a atenção sobre a sua missão e as pessoas que apoiamos e acompanhamos. O nosso maior objetivo é conseguir contribuir para uma sociedade mais consciente e envolvida no acolhimento, integração e inclusão de qualquer pessoa migrante.