Conscientes da importância do trabalho em rede e em parceria, participamos em vários grupos de trabalho e redes de empregabilidade e do setor social:

ASSOCIAÇÃO PARA O DESENVOLVIMENTO LOCAL DE BASE COMUNITÁRIA DE LISBOA (REDE DLBC)

Plataforma de partilha e construção de uma estratégia de desenvolvimento local que corresponda às vulnerabilidades e aos desafios da cidade e que convoca organizações públicas, privadas e a comunidade.

CARTA PORTUGUESA PARA A DIVERSIDADE

Somos signatários da Carta Portuguesa para a Diversidade, uma iniciativa da Comissão Europeia, com o objetivo de encorajar os empregadores a implementar e desenvolver políticas e práticas internas de promoção da diversidade. A Carta tem como princípio a Diversidade, entendida como o reconhecimento, o respeito e a valorização da(s) diferença(s) entre as pessoas, incluindo particularmente as diferenças relativas ao sexo, identidade de género, orientação sexual, etnia, religião, credo, território de origem, cultura, língua, nacionalidade, naturalidade, ascendência, idade, orientação política, ideológica ou social, estado civil, situação familiar, situação económica, estado de saúde, deficiência, estilo pessoal e formação.

Confederação Nacional das Instituições de Solidariedade (CNIS)

O CEPAC é instituição associada da CNIS – organização confederada das Instituições Particulares de Solidariedade Social (IPSS)

CONSELHO LOCAL DE AÇÃO SOCIAL DE LISBOA (CLAS LX)

Plataforma de planeamento e coordenação da intervenção social, para implementação da Rede Social de Lisboa, coordenada pela Câmara Municipal de Lisboa, a Santa Casa de Misericórdia de Lisboa e o Centro Distrital de Segurança Social de Lisboa (atualmente ISS, I.P. - Centro Distrital de Lisboa).

FÓRUM DAS ORGANIZAÇÕES CATÓLICAS PARA A IMIGRAÇÃO (FORCIM)

Grupo de organizações católicas, coordenado pela Obra Católica Portuguesa para as Migrações (OCPM), para reflexão, ação e intervenção sociopolítica sobre temas relevantes para as pessoas migrantes.

REDEMPREGA VALE DE ALCÂNTARA

O CEPAC assume o papel de dinamizador desta Rede, no âmbito da implementação do projeto Contrato Local de Desenvolvimento Social (CLDS) @ ativar 4G.

REDE DE CENTROS LOCAIS DE APOIO À INTEGRAÇÃO DE MIGRANTES (CLAIM)

O CEPAC faz parte da Rede CLAIM: parcerias estabelecidas entre o Alto Comissariado as Migrações - ACM, I.P. e autarquias ou entidades da sociedade civil que, em cooperação, promovem um atendimento integrado. Enquanto CLAIM, prestamos apoio e informação geral em diversas áreas que contribuem para o acolhimento e integração de pessoas migrantes.

REDE DE GABINETES DE INSERÇÃO PROFISSIONAL (GIP) IMIGRANTE

Os GIP (Gabinetes de Inserção Profissional) são estruturas de apoio ao emprego que, em estreita cooperação com os Centros de Emprego, ajudam jovens e adultos desempregados na definição e desenvolvimento do seu percurso de inserção ou reinserção no mercado de trabalho. Em parceria com o Alto Comissariado para as Migrações (ACM), o Instituto de Emprego e Formação Profissional (IEFP) lançou a Rede GIP Imigrante, da qual o CEPAC passou a fazer parte, com início de atividade em Agosto de 2021.

REDE EMPREGA DE LISBOA

Parceria entre a Câmara Municipal de Lisboa, a APEA – Associação Portuguesa de Emprego Apoioado e a Fundação Aga Khan Portugal para reforçar a resposta de empregabilidade em rede na cidade de Lisboa. Pretende promover uma maior aproximação das pessoas em situação de exclusão social e o mundo laboral.

Rede Europeia Anti Pobreza (EAPN)

O CEPAC é membro da Rede Europeia Anti Pobreza, enquanto organização ativa na luta contra a pobreza, colaborando estreitamente com a EAPN Portugal.

Rede Incorpora

Somos membros do Programa Incorpora, rede impulsionada pela Fundação “la Caixa” para dar resposta ao desemprego de pessoas vulneráveis em todo o território nacional.